Páginas

23 de jun de 2013

BUSCANDO VIDA






"Menina que mora no mato,
Não tem medo de assombração.
Anda sozinha na estrada,
Levando sombrinha na mão.
Deixa o cabelo no rosto,
Brinca com quem quer brincar.
Dá um sorriso pra gente
E continua a caminhar... "




 As fotos explicam o meu sumiço. Férias, estava de férias e lá fui eu. Viajei  em busca de mim mesma. Sabe aquele momento da vida da vida em que você percebe que precisa dá um tempo da rotina da sua vida e viver apenas para si mesma.  Um cuidar-se, um olhar reflexivo e sem pressa, apenas sentindo, percebendo, sendo, contemplando. Abrir um parêntesis e preenchi com dias voltados apenas para mim mesmos. Em contato com a natureza, mergulhada no silêncio, desfrutando de um lindo cenário, saboreando deliciosas refeições, fazendo exercícios físicos, novas amizades e sempre agradecendo a DEUS por ter me proporcionado dias tão especiais e com tanta tranquilidade e PAZ. Estava em busca de equilíbrio e nesse lugar encontrei o que buscava. Fiz uma recomposição de mim e da vida. Foi positivo e tão especial. Estou tão feliz pela oportunidade de estar ali. Foram também dias de contemplação e alegria.
E percebi como gosto de mato. Caminhava todas as manhãs em volta dos lagos e respirava aquele cheiro de mato e sempre cantarolava a musiquinha do Ruy Maurity. 
Assim passei esses dias buscando vida no Busca Vida que fica ali pertinho de Salvador em Lauro de Freitas.
Eu fui e quero voltar para ter outros dias de descanso, quietude e serenidade quando o acaso ocasionar.
Saudade de todas vocês. 
Beijos serenos,

Bel





5 comentários:

  1. Fujona,

    Num tem medo de "sombração"? - como diz o caipira.
    Intão ocê vai cunhecê a "sombração" de nome Nadja que vai aparecê procê di noite, viu?
    Ah, tá explicado o sumiço!!!
    Fiquei preocupada... Se passassem mais alguns dias sem dar sinal de fumaça, eu ia procurá ocê, viu?
    Mas vejo que aproveitou bem esses dias em contato com a natureza!
    A natureza é profundamente sábia e sempre proporciona aos humanos e animais um relaxamento perfeito!
    Que lugar lindo, minha amiga? E esse banco? Amei!
    Assim como amei as flores, as borboletas, as árvores e o o céu.
    Falando em céu... Que foto linda onde as nuvens aparecem refletidas no lago!
    Fotografei algo semelhante, semana passada, quando fui no concerto do maestro João Carlos Martins.
    Olha, desejo a você muita Paz e Amor!
    Saúde também!
    Que Deus guie sempre seus passos, viu?
    A batinha marinho?
    Eu tenho várias.. Uma de cada cor...
    AMO! Comprei todas na Renner...KKKKK
    Amiga, vamos rir! A vida é bela! Viver não dói.
    Ah, publiquei o post que prometi, viu?

    Ótima semana!

    Bjksss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga essa "sombração" de nome Nadja no dia que aparecer vai trazer muita alegria. Rsrs. Menina já vi o post. Fiquei tão feliz. Recebi como um presente para mim. A natureza é sábia, revigora e equilibra. As batinhas, uso muito. Rsrs. Vamos rir já que viver não dói.
      Beijos,
      Bel

      Excluir
  2. Querida Bel,

    que lugar lindo! E que gostoso viver esses momentos plenamente, com saúde e boa comida. É isto flor, devemos viver cada momento, num lugar lindo como aquele ou em casa, com nossa rotina, para desfrutar a vida e a paz interior.
    Desejo-lhe uma semana alegre e serena!

    Beijão,
    Lu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Lú,
      O lugar é mesmo muito lindo e agradável. Descansei, meditei, dancei, caminhei. Enfim vivi dias serenos e voltados para mim. Sendo a nossa casa sempre o melhor lugar do mundo.
      Desejo a você uma semana abençoada!
      Beijos,
      Bel

      Excluir
  3. Que delícia de lugar...
    Recarregando as baterias. Contemplando a natureza.
    Ótima escolha!
    Beijos e ótima semana

    ResponderExcluir

Olá, Amiga!!!
Que bom que você veio me visitar.
Deixe seu email ou enderço do blog para retribuição da visita.
Beijos agradecidos!

Izabel Cristina